Rumos da política: Milhares de mulheres se reúnem e marcham a favor dos direitos iguais e contra Trump

womens march.jpg

Preocupadas com o governo Trump, mulheres anônimas e celebridades espalhadas em mais de 20 países marcharam para protestar contra o novo presidente dos Estados Unidos.

Racismo, homofobia, xenofobia, misoginia, intolerância dentre outros – o que se sabe é que Donald Trump é mundialmente conhecido por suas declarações polêmicas e de caráter preconceituoso. Tais atitudes têm estimulado o discurso de ódio e o pensamento ultraconservador da sociedade, e, além disso, o atual presidente tem despertado um grande descontentamento por parte das mulheres norte-americanas.

Comentários proferidos no passado pelo presidente incentivavam assédios e a misoginia.  Por esse e outros motivos, no último final de semana, o mundo parou para escutar a voz das mulheres – a grande Marcha de Mulheres invadiu Washington D C. Segundo os organizadores, o ato foi uma das maiores manifestações da história do país com aproximadamente mais de meio milhão de manifestantes.

A maioria dos manifestantes vestia o famoso pussy hat, um gorro rosa com orelhas de gatos, tal item faz alusão ao trocadilho pussycat, palavra que remete de maneira vulgar a uma garota jovem sensual (gatinha), o gorro virou praticamente um símbolo dos contrários ao atual presidente.

O movimento se estendeu e ganhou adeptos em mais de 20 países, a marcha que teve inicio em Washington D. C. contou com mais de 670 manifestações.  Muitos manifestantes traziam cartazes com dizeres contra o ódio, vários artistas fizeram discursos inflamados, pessoas de diferentes faixas etárias, jovens e idosos e várias celebridades mostraram o seu apoio ao movimento, dentre elas: a importante militante Angela Davis, as atrizes Scarlett Johansson, Ashley Judd, o cineasta Michael Moore e as cantoras Alicia Keys e Katy Perry, entre outros.

Madonna obteve bastante destaque em suas falas, entoando palavras de ordem e perguntando as mulheres se elas estavam prontas. Certa hora, ela disse que: “Naquele momento iniciava a revolução do amor, que as mulheres ali presentes se recusavam a aceitar essa nova era de tirania, em que não só as mulheres estavam em perigo, mas todas as pessoas marginalizadas. Para a cantora, [se referindo à Madonna] esse momento de trevas levou a população a acordar de verdade, mas ela sabe que ainda estamos longe do fim, é o começo de uma mudança, mudança que trará sacrifícios, mas que só conseguiremos a partir do momento que mudássemos nossas escolhas!”.

A diva pop ainda recebeu várias críticas no twitter ao finalizar seu discurso dizendo que “sua vontade era explodir a Casa Branca”, se retratando a população e dizendo que não é uma pessoa violenta, Madonna explicou que tal afirmação era apenas uma metáfora.

 

Angela Davis, grande nome na luta pelos direitos das mulheres e contra a discriminação social e racial nos Estados Unidos em discurso na Marcha das Mulheres.

Mulheres em luta por seus direitos ao redor do mundo:

Chicago, Boston, Nova York, Austin, Atlanta, Seattle, Los Angeles, Londres, Paris, Barcelona, Roma, Amsterdã, Lisboa e várias outras cidades. Imagens aéreas mostram ruas lotadas de pessoas que protestam contra o preconceito, neste final de semana.

Contudo, é importante relembrar que além dos ocorridos nos EUA e nas cidades acima citadas, o aumento gradativo da organização e da articulação das mulheres vem acontecendo ao redor do mundo.  Recentemente na América Latina, em julho do ano passado, outro movimento de caráter feminino invadiu as ruas da Argentina, Chile e Uruguai.

Uma marcha de mulheres intitulada “Ni una menos” protestava contra a violência de gênero, os feminicídios e um caso específico de uma jovem que fora estuprada e assassinada.  A marcha exigia a redução da violência de gênero, a garantia dos direitos das vítimas e organização de estratégias para educação da população. Com bastante repercussão, a marcha conquistou seguidoras em mais de cem cidades e despertou a crítica mais uma vez ao machismo implícito em nossa sociedade.

 

Escrito por: Ellen Mendes.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s