Conheça a Exchange do Bem e seja a mudança!

exchange capa site.png

Há um tempo, navegando no Facebook e encontrei uma postagem que falava sobre o documentário “Blood Brother”, que conta a história de um designer americano que viaja para a Índia e lá ele conhece um grupo de crianças portadoras de HIV e decide ajuda-las. Perguntei na página onde eu conseguiria assisti-lo e logo recebi a resposta em privado.
Na época o site ainda era um projeto que demoraria alguns meses para ser lançado, mas conversamos e eu perguntei se quando lançasse, poderíamos conversar sobre o Exchange do Bem para que eu pudesse trazer essa matéria ao ar.

Depois de um tempo voltei a falar com o pessoal da página e eles me atenderam com o mesmo entusiasmo e carinho da primeira vez. O resultado desse contato vocês conferem a seguir:

 

Conte um pouco sobre as pessoas que trabalham nesse projeto. Como foi formada a equipe?

Sou Eduardo Mariano, formado em administração pela UFRGS, com intercâmbio acadêmico na Kedge Business School (Marselha, França) e com vivência internacional nos Estados Unidos e Nepal também. Comecei minha carreira com um estágio no financeiro na Dell onde em apenas dois meses recebi a proposta de efetivação. Após um ano na empresa, pedi demissão para ficar um ano estudando administração na França, porém no meu retorno ao Brasil, a Dell me convidou novamente para ingressar no setor financeiro, dessa vez, como analista de crédito. Depois, fui promovido para analista financeiro sênior trabalhando diretamente com a diretoria de empresa onde permaneci por mais 9 meses antes de sair e fundar a Exchange do Bem. Como eu viajaria bastante para conhecer novos projetos e promover a empresa, precisava de alguém para me dar um apoio, então convidei um amigo meu que tinha as habilidades necessárias para fazer parte da empresa. Meu sócio é Francisco Cavalcanti Reis. Formado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul com vivência no exterior em países como Estados Unidos e França, tendo cursado parte da faculdade pela Kedge Business School – Marselha. Atualmente cursa mestrado em Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade pela UFRGS. Atuou profissionalmente no setor de RH em multinacionais no ramo da indústria em empresas como Midea Carrier e Évora Holding Company.

 

Qual o propósito da instituição?

Nosso propósito é tornar o mundo um lugar melhor. Não queremos criar um novo mundo, queremos tornar esse mundo um lugar mais justo e igualitário. Ao enviar voluntários de forma contínua para os projetos, teremos um resultado de longo prazo através da educação, amor e carinho. Sabemos que não podemos mudar o mundo e esse não é o objetivo, mas cumpriremos nossa missão ao tornar a vida de algumas pessoas melhor e inspirar novas pessoas a fazer o mesmo em suas cidades. Queremos criar a corrente do bem, não queremos que os voluntários viajem para ajudar e nunca mais se envolvam em ações sociais no Brasil. Sempre incentivamos os voluntários na volta a desenvolver atividades voluntárias no nosso país também.

 

No site vimos que vocês investem 10% do lucro do projeto na educação do Brasil. Como é feito esse repasse e quais seriam as ações?

A ideia é investir 10% do nosso lucro, porém ainda estamos operando no prejuízo. Diante disso, para manter nosso compromisso de contribuir com os projetos, estamos fazendo doações esporádicas como a doação de material escolar e lanches para eventos no Brasil, assim como contribuição em dinheiro para compras de alimentação, beliches e material escolar para um orfanato no Quênia que ocorreu nesse mês. Assim que operarmos no positivo, esperamos ter como meta mínima o investimento de 10% do nosso lucro em projetos sociais no nosso país.

 

Quais são as características exclusivas de um intercâmbio pela Exchange do Bem?

Prezamos muito por um atendimento personalizado e humano. O voluntário da Exchange do Bem não é tratado como um cliente e sim como um amigo. Estamos em contato com o voluntário antes, durante e depois da sua viagem, pois assim garantimos que eles estejam tendo uma ótima experiência. Também temos em todos os países uma equipe local treinada para orientar o voluntário sobre a nova cultura e também garantir a segurança.

 

Qual a profundidade de impacto que vocês acreditam causar nos lugares e nas pessoas?

Os projetos amam nossos voluntários, assim como as crianças. Em muitos países, as crianças não recebem a atenção e carinho que nós consideramos fundamentais para o desenvolvimento delas, então os voluntários auxiliam bastante ao levar amor e carinho, principalmente. No hábito da saúde, os voluntários ajudam ensinando e contribuindo com novos conhecimentos e também ajudando as comunidades locais. Na parte de educação, incentivamos voluntários a levar novos métodos, pois em muitos países a forma que as crianças são educadas é apenas por repetição. De forma material, já tivemos doação de beliches, alimentos, água, brinquedos, material escolar, construção de cozinha, etc.

Para o voluntário, queremos proporcionar um ambiente de imensa inserção cultural, para que ele retorne de sua viagem não apenas com o sentimento de missão cumprida, mas também com um significativo aprendizado sobre a cultura de outro local. Acreditamos que ao vivenciar essa experiência, os voluntários se tornarão embaixadores na conscientização das causas dos projetos e países que escolheram, difundindo ainda mais nossa ideia de espalhar o bem.

Por fim, ao se deparar com um ambiente novo com situações nada usuais no nosso dia-a-dia, nós começamos a refletir mais sobre nossas vidas e valorizar também tudo o que temos. É uma excelente forma de nos descobrirmos e nos conhecermos melhor.

 

Abaixo você encontra todas as redes sociais e o site desse projeto maravilhoso.

Facebook | Instagram | Site 

Eu realmente acredito que nós somos a mudança que queremos ver. Seja aqui no Brasil ou em qualquer outro lugar do mundo. Ter esse contato com o Eduardo foi incrível, pois ele é alguém que faz o que acredita e, além disso, possibilita que outras pessoas também o façam. Se pelo menos uma pessoa que ler essa entrevista encontrar o que estava procurando eu já serei grata.

Jéssica Albuquerque

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s